O Melhor Presente

O Melhor Presente

“Viu o Senhor que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que era continuamente mau todo desígnio do seu coração; então, se arrependeu o Senhor de ter feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração. Disse o Senhor: Farei desaparecer da face da terra o homem que criei, o homem e o animal, os répteis e as aves dos céus; porque me arrependo de os haver feito. Porém Noé achou graça diante do Senhor. Eis a história de Noé. Noé era homem justo e íntegro entre os seus contemporâneos; Noé andava com Deus. Gerou três filhos: Sem, Cam e Jafé.” Gn6.5-10

Qual seria o melhor presente para um pai? Uma gravata? Um sapato? Um par de meias? Um relógio? Um celular? Um carro? Uma casa? Para alguns pais, o fato de seus filhos não se meterem em confusão já é um grande presente.
Creio que, para um pai cristão, o melhor presente é a salvação dos filhos. Claro, isso não vem dos filhos, mas isso vem de Deus. Os pais, porém, são instrumentos valiosos na salvação dos filhos, principalmente o pai.
A arca de Noé foi um meio de salvação para a humanidade e ilustra a salvação eterna. Diante da destruição de todos os homens, Noé, sua esposa e seus filhos foram salvos. Embora não possamos inferir a salvação eterna de todos os seus filhos, é fácil perceber que Noé foi usado por Deus para livrar seus filhos de Sua justa ira que caiu sobre toda a humanidade.
A Bíblia mostra a história de Noé e como ele foi um pai abençoador de sua família e instrumento de salvação para toda a sua casa.
Em primeiro lugar, ele foi alvo da graça de Deus. A Bíblia mesmo afirma que ele era diferente dos demais, pois era homem justo e íntegro entre os seus contemporâneos. Ainda afirma que ele andava com Deus. Antes, porém, destas verdades, a Bíblia afirma que Noé achou graça diante de Deus. A Bíblia é muito clara em afirmar que, sem a graça de Deus, é impossível o homem buscar a Deus verdadeiramente. É também pela graça que essa busca alcança o objetivo de encontrar a Deus. Deus é quem se revela. Deus é quem nos alcança pela graça. É de Deus que vem o novo nascimento e a salvação. Sem Deus estamos mortos em nossos delitos e pecados, mas, pela graça somos salvos. Como posso saber que sou alvo da graça de Deus? Um dos sinais é saber que preciso da salvação oferecida por Deus. Saber que sou pecador, e receber a salvação dada por Deus em Cristo Jesus. Todo o que confessa com os lábios, e crê com o coração que Jesus é seu único e suficiente salvador e Senhor, tem experimentado a graça de Deus. Você crê? Você já nasceu de novo?
Em segundo lugar, Noé sustentava um testemunho autêntico. Se vivemos uma religiosidade vazia, os primeiros e mais prejudicados por essa religiosidade são nossos filhos. É em casa que mais somos quem somos. Se em casa vivemos uma coisa, no trabalho outra e na igreja ainda uma outra coisa, nosso testemunho, além de reprovados por Deus e um peso para nós, seremos reprovados por nossos filhos e provocaremos a ira deles contra nós e o afastamento deles da verdadeira fé. Afastaremos nossos filhos de nós e de Deus.
Em terceiro lugar, Noé andava com Deus. A própria Bíblia testemunha isso desse pai. Noé andava com Deus. Andar com Deus é ter compromisso com Ele. Investir tempo com Deus. Obedecer a Deus. Ouvir sua palavra, buscar ajuda e conselho e, de tanto andar com Ele, refletiremos Deus a todos que conhecemos, inclusive nossos filhos. É andar pelo caminho estreito e não pela estrada larga. É ter intimidade com Deus.
Pais, depois da nossa salvação, o melhor presente que podemos receber é vermos nossos filhos sendo salvos. É verdade, isso não depende somente de nós, passa pelo coração de nossos filhos. A Bíblia, porém, mostra a importância do pai na vida espiritual dos filhos. Valorize a graça de Deus sobre sua vida e fale dela para seus filhos. Viva os frutos dessa graça de Deus junto com seus filhos. Ande com Deus e convide seus filhos para andar com Ele também. Seja instrumento da salvação dos seus filhos.

Rev. Hédin Charles Mendes

 

Nenhum comentário

Adicione seu comentário