IPCG
IPCG
Abençoado pela Palavra de Deus
Abençoado pela Palavra de Deus

“Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. Mas aquele que considera, atentamente, na lei perfeita, lei da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte negligente, mas operoso praticante, esse será bem-aventurado no que realizar.” Tiago 1.22,25.

A Palavra de Deus é o mais precioso tesouro deixado por Deus sobre a face da terra. Ela é o elemento mais espiritual que existe, pois ela é toda inspirada pelo Espírito Santo de Deus. Ela é a base da Igreja e, ao mesmo tempo, a fonte da mensagem e do poder para a obra de Deus dada para a Igreja.
A Palavra de Deus é a espada do Espírito. A obra do Espírito é realizada através da Palavra de Deus. A salvação vem pelo ouvir, e ouvir da Palavra de Deus. Pala ação do Espírito Santo através da Palavra, temos verdadeira fé. Através da Palavra de Deus, conhecemos os desígnios de Deus.
A Palavra de Deus é fonte de iluminação e sabedoria a todo aquele que crê. A palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração. Ela é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. A Palavra de Deus é alimento, é fonte de força e conforto.
A Palavra de Deus é poderosa e não volta vazia, mas, cumpre sempre os propósitos de Deus onde ela chega. Deus afirma daquele que não se desvia nem para a direita e nem para a esquerda com respeito à Sua Palavra, que será bem-sucedido, bem-aventurado.
Você é bem-sucedido? Bem-aventurado? Não são poucos os cristãos que andaram um bom tempo pelas igrejas e que, ao invés de fortalecidos, sentem-se fracos e cansados, ao invés de amadurecidos, sentem-se confusos e perdidos pelo caminho. Por quê?
Uma possível resposta é dada por Tiago. Tiago fala acima da importância do relacionamento do cristão com a Palavra de Deus. Antes de chegar ao verso citado acima, Tiago vinha falando sobre a importância de sermos tardios para falar, mas prontos para ouvir. Tiago está falando daquilo que o cristão mais tem que ouvir em sua vida, da Palavra de Deus. A voz de Deus antes da voz do nosso próprio coração. A Bíblia sempre falou e ainda fala, porém, quando está aberta e a lemos ou ouvimos atentamente sua leitura. Ela não fala dentro das gavetas ou nos escaninhos de nossas bibliotecas. Precisamos ler e ouvir a Palavra de Deus diariamente. Você já leu a Bíblia toda? Você tem lido sua Bíblia? Você dá importância para projetos que te ajudam a ler a Palavra de Deus? Você participa de momentos em que a Palavra de Deus é lida e exposta? Você participa de grupos onde a conversa é sobre a Palavra de Deus?
Muitos talvez possam ter respondido sim a todas as perguntas acima. Já ouvi pessoas dizendo: “eu estou indo à igreja, mas não está adiantando nada! Já li a Bíblia e nada mudou.” Por isso Tiago afirma que ouvir e ler é só a primeira parte. O grande objetivo dessa primeira parte, é a prática daquilo que se ouve. Uma vida moldada e dirigida pela Palavra de Deus.
Tiago dá o alerta sobre dois enganos. O primeiro é o de não ouvirmos. O segundo, tão perigoso quanto o primeiro, é o de nos tornarmos apenas ouvintes e não praticantes. É a prática da Palavra de Deus que nos torna ouvintes operosos ao invés de ouvintes negligentes. É a prática da Palavra de Deus que faz a diferença em nossa vida. É a prática da Palavra de Deus que nos fará bem-aventurados.
Temos ouvido a Deus através de Sua Palavra diariamente? Quanto ao que temos ouvido, temos sido praticantes operosos, ou ouvintes negligentes? Viva a Palavra e experimente verdadeiramente a promessa de Deus para você: “esse será bem-aventurado em tudo o que realizar!”

Rev. Hédin Charles Mendes

IPCG
IPCG
IPCG
ENDEREÇO: Rua Coronel Saldanha, 1917, CEP: 85010-130 - Centro | Guarapuava/PR | Fone 42.3623-5791