IPCG
IPCG
SANTIDADE: A vontade de Deus para o seu povo
SANTIDADE: A vontade de Deus para o seu povo

Não há nenhum outro tema mais empoeirado e desbotado em nossos dias como a santidade. Até mesmo pessoas que vivem no meio do povo de Deus tem dificuldades com esse assunto. A santidade já foi um grande tesouro da igreja, mas parece que em algum momento resolveu-se deixá-la de lado, guardada em uma das salas onde se coloca aquilo que está em desuso.

Hoje o que está na moda são as performances, as execuções diante das multidões, a busca por ser conhecido com um nome que marca épocas e gerações, a mídia, a popularidade. É por isso mesmo que a santidade foi guardada, deixada de lado. Santidade não é popular. O próprio termo quer dizer separar-se. A santidade vai contra o popularismo barato e fácil, pois nós, o povo, temos uma tendência a caminharmos para longe da santidade. E caminhar na direção oposta a santidade, é caminhar na direção oposta a Deus e à vontade de Deus para o seu povo.
Como conteúdo da mensagem do evangelho, a santidade separa literalmente os que são de Deus e os que não são. Todos querem um Salvador. Todos querem alívio dos fardos. Todos querem vida eterna. Mas nem todos querem um Senhor. Nem todos confiam que os caminhos do Senhor são os que trazem alívio de fato. Nem todos querem tomar a sua cruz e seguir a Cristo para a eternidade.

Há uma linha dentro das igrejas que não consegue conciliar a graça de Deus dispensada sobre o seu povo com o mandamento de Deus para santificar-se e serem santos. Afirmam que a busca pela santidade seria uma contradição à graça e um tipo de legalismo. Outro grupo afirma que esse negócio de ser santo vai afastar o pecador da igreja, portanto, na prática, vai atrapalhar o trabalho da igreja. Mas, o alvo de Deus para o seu povo é a santidade.
Santidade não é contrária à graça porque Deus não salva aqueles que se tornaram santos, mas, salva pecadores para que se tornem santos. Quando lemos a Bíblia percebemos que Deus primeiro liberta um povo do Egito, para só depois disso, entregar a lei para ele. A salvação é graça de Deus, e a santificação na vida do salvo, fruto da salvação pela graça de Deus.

O texto acima, no qual Deus dá o mandamento para que seu povo seja santo, também afima: “Eu sou o SENHOR que vos santifico”. A graça de Deus está envolvida na santificação porque Deus está realizando essa obra em nós, é sua graça que nos dá condições de buscar a santidade. Quando falhamos, a misericórdia de Deus está envolvida, porque, pelo sangue do Cordeiro temos perdão de nossos pecados. Graça e misericórdia para obedecermos a vontade de Deus para nós: santidade.

Santidade não atrapalha o trabalho da igreja, porque o trabalho da igreja não é feito com base em nossos planejamentos humanos para angariar pessoas simpáticas a nós. A obra da igreja é o testemunho e revelação de Deus para o mundo. Ela só pode ser feita no poder daquele que é o Senhor da igreja. O entendimento de que a santidade atrapalha a igreja é contra a própria natureza da igreja, e mais, contra Deus. É deixar de ser igreja, é deixar de crer que Deus é o Senhor e que Seus caminhos são perfeitos, e não os nossos. Santidade não atrapalha o trabalho da igreja porque igreja só é igreja, se ela está em comunhão com Deus. Sem santidade, ninguém verá a Deus. Sem santidade não há poder de Deus na igreja, e nem a presença de Deus. Santidade é o caminho de Deus para uma igreja viva e eficaz em seu testemunho.

Ser santo é ser verdadeiramente cristão. O alvo de Deus é que olhemos para Ele e busquemos ser santos como Ele é. Pedro em sua carta afirma: “porque escrito está: Sede santos, porque eu sou Santo”. Devemos nos conformar ao Deus a quem servimos, assumirmos a lei moral de Deus como regra de vida e seguirmos o modelo de Cristo. Apenas os que seguem a Cristo são verdadeiramente cristãos. Cristo, em tudo, agradou a Deus. Revelou o caminho da salvação, mas também o caminho da santificação.

Em 2018, redescubra o caminho da santidade, pois essa é a vontade de Deus para você.

Rev. Hédin Charles Mendes

IPCG
IPCG
IPCG
ENDEREÇO: Rua Coronel Saldanha, 1917, CEP: 85010-130 - Centro | Guarapuava/PR | Fone 42.3623-5791